sábado, 17 de fevereiro de 2007

quem tem medo do lobo mau, lobo mau, lobo mau...







Não aprecio o Carnaval, para mim é no Brazil ou em Veneza. O mais parecido que temos são as marchas dos Santos Populares e ficávamos muito bem só com isso. O Capuchinho Vermelho, é das poucas máscaras que tolero para as crianças tão pequenas, faz-me lembrar a minha infância em que encontrávamos fatos mais confortáveis e bonitos, hoje é tudo demasiado sintéctico com um aspecto muito hollywodesco, made in

Uma parte deste «capuchinho» foi emprestado pela M. (obrigada!) a outra parte foi improvisada em casa, ficou simples mas ela gostou. (original era a máscara que trazia outro dia, tudo made in creche).

Sem comentários: