segunda-feira, 30 de julho de 2007

dias quentes





O primeiro banho este ano. Um dia tão quente, óptima temperatura de água e maré baixa, justifica a saída da praia depois das 20h30. Voltámos cansados mas com o cheiro de praia no corpo, que eu adoro.

terça-feira, 24 de julho de 2007

apontamentos


Acerca de cinco anos surgiram os primeiros «apontamentos». Partiram das minhas pinturas sobre papel, em formatos muito pequenos aos quais chamei série - apontamentos. O objectivo foi oferecer aos amigos uma das pinturas impressas num caderno para apontamentos — alguns já vão no terceiro ou quarto caderno, outros dizem que não o querem estragar (estragar?). Nessa altura fiz tantos para oferecer que sobraram, mais tarde vendi-os na Ladralternativa e os últimos foram para a loja Alma Lusa.

Por outros motivos, a pintura está temporariamente «congelada», mas o trabalho continua noutros registos. A nova série de «apontamentos» vai começar a surgir, mas em lugar das pinturas, serão algumas das imagens que habitam neste blogue. Os primeiros da série, são «Bugalhos I» e «Bugalhos II»

Serão poucos exemplares, mas irão aparecer muitos diferentes. Para apontar ou rabiscar em algum deles, é só seguir o novo link.

segunda-feira, 23 de julho de 2007

33


E é bom ser trintona.

sábado, 21 de julho de 2007

para os lados de Belém





Um dia comprido e bem aproveitado!

Perto dos Pastéis de Belém há um parque infantil que tem uma placa que indica, quem fez as estruturas, que está adequado e corresponde às normas exigidas para os parques infantis e que pode ser utilizado dos 0 aos 100 anos.
Nada corresponde. A minha filha de 2 anos e meio não conseguia subir para o escorrega dos mais pequenos. Era uma estrutura de madeira (tipo caixote) que lhe dava por debaixo dos braços, sem um degrau ou qualquer objecto de ajuda para se agarrar. Algumas estruturas abanavam tanto que até saíam do sítio e muitos pais «andavam em cima» mesmo dos mais crescidos.

Um parque infantil é uma dor de cabeça e uma canseira para os pais. Será que o parque infantil ideal existe?
O ideal é ver a paisagem, deitar na relva, correr atrás dos pombos, andar de tricicolo e jogar à bola.

domingo, 15 de julho de 2007

tudo no mesmo tempo





Porque é que quando há muito trabalho, tanto em que pensar e decidir, é quando nos surgem as ideias em catadupa? O ritmo do pensar e fazer não é igual, e para mim o melhor remédio é tentar concretizá-las a curto prazo começando pelas mais pequenas (mesmo pequenas que sejam). Tenho uma lista de ideias-projectos-afazeres e gosto tanto quando risco alguns «este já está!», mas a lista cada vez está maior…muito maior…
Não gosto da ideia de guardar projectos na gaveta para um dia saírem cá para fora, o mais provável é ficarem mesmo por lá se demorarmos muito, entretanto tudo muda e um dia olhamos para aquilo e já não fazem qualquer sentido.

Fim de semana de família, amigos, de sol e de chuva, de trabalho e pesquisa para os projectos da «lista» a concretizar.

terça-feira, 10 de julho de 2007

resultado

Do post anterior, surgiu uma técnica mista. Além do papel de lustro e da fita-cola, terminou-o com canetas (acho que não gostou dos espaços vazios).

sábado, 7 de julho de 2007

wip prenda




Hoje, apresentei-a à tesoura e ao papel de lustro para variar e fazer uma prenda para oferecer.
Arranjou a sua própria técnica para cortar e consegue-o muito bem. A fita-cola apesar de lhe ser familiar, deu muita luta! O resultado… ainda será mantido em segredo.

quarta-feira, 4 de julho de 2007

:-)



domingo, 1 de julho de 2007

salpico amarelo

















O dia não ia ser fácil… com muita rabugice, mas a sombrinha de bambu curou os pequenos males por umas horas e a tarde foi muito bem passada no Jardim do Mundo na Gulbenkian.
É uma pena o programa não se prolongar até ao final do Verão.