domingo, 8 de março de 2009

Aldeia de José Franco







Ainda é como eu me lembrava, só o museu com as peças de cerâmica é mais recente.
Aparentemente até parece estar bem arranjado, mas ao observar melhor, verificamos que várias situações como esta, já deviam ter levado um «jeitinho».

1 comentário:

Dylan disse...

A morte do mestre Franco é uma perda irreparável para a olaria e para o próprio País.