sábado, 18 de junho de 2011

o que a Carla trazia…










































De baixo para cima, tal como ela escreveu: Carla, anel, relógio, pulseira, verniz, unhas, dentes, definitivos, de leite (não tem mas já teve), dedos, lábios, óculos cabelo e mala.

Nas últimas quatro linhas: Sininho, Sebastião, caneca e copo.

Está a ser uma delícia ler o que escreve por aí… não há nada como um caderno e uma caneta sempre à mão, mas quando não há, a toalha de papel continua a ser perfeita.

1 comentário:

Rita João Espinha disse...

«— Opá, calem-se!» :D