segunda-feira, 23 de julho de 2012

38



Faço 38 anos e dependendo do ponto de vista hoje sou mais nova do que alguma vez serei.

Não vou aqui escrever o que aprendi até agora ou o que mudei até hoje, mas confesso que tenho uma lista onde vou escrevendo o que não nos ensinam, ou quando nos ensinam ainda não temos capacidade para compreender.
Isto não faz parte da lista, porque cada um sabe de si e os piores conselhos costumam ser sempre aqueles que não pedimos. Mas o que senti mais nestes últimos anos foi que o tempo passa mais depressa quando passamos ao lado da nossa vida, quando achamos que devemos ignorar o que sentimos de mau porque todos nos dizem que as coisas boas é que são de guardar. Como é que se cresce só com coisas boas? Assim é que não se aproveita tudo.
A vida não é preto no branco, nada disso. Atrás de uma coisa má virá sempre uma boa se estivermos mais atentos, poderá não compensar a má mas será melhor do que zero. Não fazer planos traz imprevistos saborosos e agir no momento certo é essencial. Continuo a achar que não preciso de saltar de pára-quedas para sentir que estou a aproveitar (quem é mãe sabe que a adrenalina sobe quase todos os dias) nem de ir dar a volta ao mundo (ir mais além sem sair do mesmo lugar também é possível) ou de que os dias sejam todos diferentes (porque isso também é uma canseira) apenas preciso de continuar a escutar e a sentir o que gira à minha volta e de perceber a minha relação com isto tudo, é mesmo só isso.
O cabelo continua a mudar de cor, as rugas começam a dar o ar da sua graça e as sardas que sempre me acompanharam estão ao rubro. Ninguém anda a correr atrás de mim, e aqui sou sempre eu que vou à frente a desbravar caminho, apercebendo-me cada vez mais de que a vida é o bem mais frágil que temos.
O que ela nos dá também nos poderá tirar, mas aquilo que vamos absorvendo de bom e de mau a cada instante da viagem é tão nosso que já ninguém nos tira e é isso que molda a nossa estrutura. Ninguém nos garante que a vida possa vir a ser melhor ou pior, mas sou testemunha de que é sempre muito mais interessante.

………
 
♥ Adorei o filme que o Paulo me ofereceu como presente de aniversário, foi montado com a música Paper Aeroplane de Angus & Julia Stone.
Irei passar o dia a trabalhar e gostaria de uma playlist nova… se não vos der muito trabalho, à medida que forem passando por aqui deixem-me um link com uma música para juntar a esta, pode ser?

17 comentários:

Rita João Espinha disse...

GOSTO MUITO!!!! :)

Rosa Maria disse...

Também gostei muitíssimo! E veio em momento bem propício, pois há 2 dias fiz 42 anos e muito do que foi dito aqui passou-me pela cabeça. Feliz Aniversário!

J. disse...

parabéns vera! :)
gostei imenso do video
e deixo esta musica
http://www.youtube.com/watch?v=pIYR2yvUn2A

1 beijinho

ana ventura disse...

Que bonito este teu post! Parabéns! E que faças muitos mais e nós que vamos vendo.

Aqui fica um link cheio de energia:
http://www.youtube.com/watch?v=QW0i1U4u0KE

sara aires disse...

Que bom que é ler estas palavras Vera! Muitos parabéns e obrigada por tudo o que aqui deixas e encantas.
O que não me sai da cabeça nos últimos dias, e que apesar de passar em todo o lado, não me cansa:
http://www.youtube.com/watch?v=Hk3tURx8a2Q

criatividade disse...

muitos parabéns pelos 38 mas também pela sua grande criatividade que é maravilhosa...
beijinhos de uma fã ( que começou à pouco tempo no crochet e que já tem um blog : http://croxart.blogspot.pt, se quiser dar uma olhada e fazer uma critica eu agradecia, visto que já anda nisto à mais tempo)

Beth Finholdt disse...

Bem simples e bonito. Adoro seu trabalho.
www.youtube.com/watch?v=n4hhlcL_dfY

Menina Rabina disse...

Parabéns atrasados Vera!!!
A vida é tudo!
Beijinhos :)

bas re-design disse...

Parabéns para 38.
Muito bom el video!

Realmente gosto do teu blog e do teus trabalhos e decid lhe dar um prêmio.

Aquí as informações: http://bas-redesign.blogspot.mx/2012/07/one-lovely-blog-award-mi-blog-gano-un.html

bas

sara (sushilover) disse...

Parabéns Vera! Que texto bonito e que belo vídeo.

Esta é a música que te ofereço:

http://youtu.be/cnY9ea_q3nI

Beijinhos

Paula Castro disse...

muitos parabéns e muitas felicidades no seu delicioso trabalho :)

flor-de-vento disse...

parabéns :) deixo-te uma música das velhinhas mas que dá sempre vontade de viver, aprender, colorir, partilhar
http://youtu.be/dbgvAp1_DvE

Maria Filomena disse...

Vera,
cheguei hoje de viagem e vejo que perdi o seu aniversário..
antes tarde do que nunca: Feliz Aniversário...
Gosto de ler o que você escreve: é profundo e sábio....As coisas boas da vida estão nos pequenos detalhes, nos pequenos gestos que quase não se veem...
Quanto à musica, gosto muito de uma chamada Carinhoso de Pixinguinha.....se não a conhecer..... paciência...é muito bonita...

abraços de MF

Veerle disse...

Great!!!!!!!!!!!!!!!!!!

{entreter os dias} disse...

Parabéns, mesmo que, ligeiramente, atrasados *_*
Estou encantada com tudo o que aqui descobri. Um mundo maravilhoso, detalhado, muito, muito criativo e carregado de cor e harmonia.
Parabéns por tudo, pelos 38 anos (os meus estão quase a abandonar-me) pela filha linda e pelas maravilhosa e harmoniosas mãos de fada!!!
Estou encantada, já disse?!?!
Até breve e beijos daqui do norte,
Hermínia

Ouriço-Cacheiro disse...

Parabéns: pelo aniversário, pelo texto e, claro, pelo trabalho. Um destes dias encomendo outra coisa!
Beijinhos

Isabel Mota disse...

Maravilloso, absolutamente maravilloso! Desde Sevilla te doy la enhorabuena por un trabajo tan bien hecho.
Saludos,
Isabel.