domingo, 15 de setembro de 2013

passear



Este verão riscamos o sul e fomos para norte. Voltámos às mesmas aldeias para desta vez mostrá-las à miúda. Sabemos que teve saudades da praia, mas um dia irá agradecer-nos pela experiência de caminhar até não poder mais, do cheiro intenso das árvores e das férias em que aprendeu a entrançar cebolas.


Conheci melhor uma pequena parte do Parque Nacional da Peneda-Gerês, fez-me reconhecer que a memória que tinha dele já não era suficiente. Existem locais tão bonitos que não me apetece contar onde são para que se mantenham minimamente intactos para o meu regresso. Infelizmente, presenciei algumas situações em que o homem já interferiu demasiado, a primeira pista são as das beatas que se encontram em locais como este, e a indelicadeza na relação do espaço comum com os cavalos selvagens e com o gado que anda à vontade pela serra durante o verão.



Um verão em que vi muito verde mas também demasiada terra queimada. Perdemos a conta aos incêndios que vimos.


3 comentários:

ana margarida disse...

Por mim manténs-te na cidade, estás mais à mão.

Senhora Baruch disse...

São muito belas tuas fotos, gosto de ver!!! :-)

https://www.facebook.com/ElTallerDeLasMunecas disse...

Precioso lugar Vera, gosto muito das suas fotografías e da serenidade que transmiten.