sexta-feira, 4 de outubro de 2013

como fazer uma maçaroca de alfazema

Com as espigas de alfazema que trouxe de Montesinho experimentei fazer uma maçaroca. Como eram poucas e já estavam bastante secas, a maçaroca não ficou perfeita, mas registei a experiência para não me esquecer.








Limpei a pequena folhagem. Juntei as 9 espigas (a outra tem 13) e atei-as com fio do norte junto às flores, depois dobrei as hastes para trás por cima das flores — é necessário distribuí-las bem separando-as entre si — e atei-as novamente com o fio. Por último, aparei com a tesoura das plantas as pontas do ramo.

Se as hastes ainda estivessem verdes, tinha utilizado uma delas para atar e não o fio do norte. Quando a maçaroca começar a perder o perfume, podemos prolongar o efeito espalmando-a entre as mãos.

6 comentários:

sara f disse...

que lindo :)

Ana V. disse...

Gostei de aprender.
Obrigada

glaramknits disse...

Obrigada pelo tutorial! Lindo!

Maria B disse...

Quando tiver alfazemas, vou tentar fazer uma.
Obrigada.

ponto guloso disse...

São deliciosas. Fazendo-se antes de secar, os caules não partem. Há muitos anos que não faço, mas fazia com fitilho de cetim entrelaçado com os caules; ficava com um aspecto de encanastrado, muito bonito. Hoje escolheria talvez um fitilho de algodão/nastro. Se conseguir fazer um em breve, venho cá deixar um link, para poderem ver como fica.

pinderiquices disse...

Aprendi como se faz, pois já há muito tempo que anadava a tentar.