domingo, 29 de dezembro de 2013

cachecol

O cachecol que ofereci ao meu pai foi um dos que me roubou horas de sono, o ponto não rende e só come lã. Depois de concluído tem um toque muito confortável e é bastante quente.
Vendo o resultado final até pondero a hipótese de voltar a repetir a receita num dia de bom humor.

Sem comentários: