quinta-feira, 23 de outubro de 2014

jardins à portuguesa



Jardins de Avô.

1 comentário:

Patricia B disse...

Acho o máximo. É fabuloso quando entramos num prédio mal iluminado e quando chegamos ao 2.º ou 3.º andar, de repente, estamos frente a um oásis!