quinta-feira, 17 de setembro de 2015

acampar


Para encerrar o verão deixei que me convencessem a dormir numa tenda pela primeira vez. Chegar de noite por entre os pinheiros não é o mesmo que chegar de dia. Desconhecia por completo a paisagem, digamos que fui mesmo à confiança. A montagem da tenda emprestada foi hilariante, eu estava a anos de luz (e sem luz) de tudo aquilo. E depois de uma tenda que se fez difícil, descobri que as tais dos 2 segundos deveriam constar da lista das melhores invenções de sempre!

No dia seguinte tudo era bonito!


Inicialmente, não achei a logística muito fácil, mas com o hábito posso lá chegar. Afinal as aranhas não entram.

Sem comentários: