domingo, 19 de março de 2017

paisagem gráfica

Adiei tanto que a ia perdendo e seria uma pena, pois enche os olhos de qualquer designer gráfico.
Já conhecia algumas das imagens, das quais fui ao encontro a propósito de outros projetos, por curiosidade e de ser miúda e ter presente uma pequena recordação de alguns dos letreiros luminosos do Rossio.
Como ainda sou do tempo do catálogo da Mecanorma e da utilização das letras de decalque, adorei os projectos em papel e os esboços!

-----
«De dia, são figuras e nomenclaturas comerciais integradas nas fachadas dos edifícios e de noite reamanhecem a cidade com luzes de néon num multicolorido gritante, a apagar e a acender, enchendo de cor as ruas agora mais movimentadas numa cidade mais dinâmica. Nos dias chuvosos o aglomerado de luzes coloridas, refletidas e espalhadas no asfalto molhado, enriquece as noites de inverno.»

Exposição «Cidade Gráfica, letreiros e reclames de Lisboa do séc. XX» — Projeto Letreiro Galeria de Rita Múrias e Paulo Barata.
-----

Sem comentários: