terça-feira, 18 de abril de 2017

momentos


Visito estes locais várias vezes e de cada vez que os visito tiro as mesmas fotografias, quase sempre com os mesmos enquadramentos, parece que me esqueço mas não é isso. Tenho sempre a esperança de um dia conseguir registar as sensações de olhar para a paisagem, de tão boas que são.

Na primeira imagem, a casa cor-de-rosa do lado direito da ponte tem o verso mais bonito.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

inspiração

A propósito de um outro assunto chamei a minha filha para conhecer este projeto — Eyes as Big as Plates — e reparei que ficou bastante impressionada! Falámos da mistura entre a poesia e o humor que as imagens nos transmitem, mesmo que os protagonistas estejam inseridos na paisagem dum modo tão solitário. No final, cada uma tentou escolher a sua fotografia favorita o que se tornou difícil.
Aprecio verdadeiramente esta fusão entre o ser humano com a natureza, de pertencerem um ao outro.

No site podemos ver ao longo de vários posts, como os protagonistas colaboraram ativamente na produção das fotografias e como se camuflaram com os elementos naturais da paisagem, com a ajuda das autoras do projecto — Karoline Hjorth e Riitta Ikonen.